<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=122339528446832&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
   

Você já parou para pensar quais seriam as consequências de um mundo sem a profissão de Enfermagem? Para se ter uma ideia, a possibilidade de propagação de infecções e doenças seria maior, os médicos teriam mais trabalho sem o auxílio dos enfermeiros e muitas pessoas que necessitam de atenção integral não teriam esse profissional como opção.

Diante desse cenário, possivelmente os avanços da saúde teriam sido muito menores. A profissão é tão imprescindível que há campanhas, como a da empresa australiana Ausmed Education, que alertam sobre a necessidade de aumentar o número de enfermeiros em todo o mundo, que conta com 7 bilhões de pessoas, mas apenas 17 milhões de profissionais da área.

Se você quer ingressar nessa carreira, está em busca de uma faculdade de Enfermagem no Rio de Janeiro e quer saber mais sobre a profissão, continue a leitura!

O dia a dia no hospital

A rotina de um hospital é totalmente dependente do trabalho dos enfermeiros. Eles, que se dedicam a cuidar das pessoas, fazem de tudo: desde um curativo a auxiliar um médico em uma cirurgia.

O médico diagnostica, avalia o estado do paciente, prescreve remédios e acompanha a evolução dos tratamentos. Mas, na prática, são os enfermeiros que cuidam de cada um dos muitos pacientes.

 

Os profissionais de Enfermagem são responsáveis por organizar a administração de remédios e tratamentos no horário certo; a visita de outros profissionais, como fisioterapeutas, para tratamentos complementares; certificar-se que os cuidados básicos estejam sendo aplicados; e até mesmo prestar primeiros socorros.

Algumas das melhores faculdades de Enfermagem do Rio de Janeiro proporcionam aos seus alunos essas vivências para saber na prática como é ser um enfermeiro. Os alunos da Unigranrio, por exemplo, realizam pré-atendimentos e triagem de pacientes para o público em geral e fazem estágio obrigatório.

Profissionais solicitados no mercado

O Brasil conta com mais de 3,5 milhões de profissionais da área de saúde, e metade disso é formada por trabalhadores de Enfermagem, entre técnicos, auxiliares e enfermeiros.

No entanto, apenas 20% desses profissionais contam com um diploma superior e estão aptos a atuar como supervisores, chefes de departamento e coordenação de atividades. Devido a isso, a demanda de enfermeiros que tenham uma graduação é recorrente.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que para que a população de um país seja bem atendida no âmbito da saúde, deveria-se contar com pelo menos dois enfermeiros para cada mil habitantes existentes. A média brasileira é de 1,43, o que mostra a falta de profissionais qualificados e aponta para a boa decisão em seguir essa carreira.

Como dar início à carreira

O primeiro passo para tornar-se um enfermeiro é entrar para uma Universidade que ofereça o curso e seja reconhecida no mercado. A partir das disciplinas oferecidas, e sob a orientação dos professores, os alunos aprendem a teoria e a prática necessárias para atuarem como profissionais de Enfermagem, seja em clínicas, hospitais, postos de saúde ou home care.

 

Entre as matérias vistas na graduação, estão algumas relacionadas às Ciências Biológicas, Psicologia, Sociologia e Administração. Anatomia, Fisiologia, Imunologia, Bioquímica, Farmacologia e Patologia, entre outras, compõem a matriz curricular.

Conheça a Unigranrio como opção de faculdade de Enfermagem no Rio de Janeiro. Ao acessar a página do curso você sabe mais sobre o preço da faculdade de Enfermagem, grade curricular, corpo docente e as maneiras de ingressar em uma das melhores faculdades de Enfermagem do Rio de Janeiro!  

ENFERMAGEM

Albérico Santos

Written by Albérico Santos

Recent Posts