<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=122339528446832&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

BLOG UNIGRANRIO

Saiba mais sobre a UNIGRANRIO. Descubra porque investimos no futuro e inovamos tanto em ofertas de cursos, quanto em infraestrutura que apoia sua formação.

Todos os Posts

Afinal, o que faz um analista de sistemas?

O curso de Sistemas de Informação vem se tornando uma opção cada vez mais popular entre os jovens que desejam construir uma carreira de sucesso. As perspectivas de crescimento do mercado de Tecnologia da Informação aumentam a cada dia, o que aumenta o interesse na área.

Se você está pensando em fazer faculdade e investir na carreira de tecnologia em análise e desenvolvimento de sistemas, mas ainda não sabe bem o que faz um analista de sistemas, o post de hoje foi feito para você!

Continue acompanhando e saiba tudo sobre a profissão:

analise de sistemas-1

O que faz um analista de sistemas?

O analista de sistemas atua na área da Tecnologia da Informação desenvolvendo programas que atendam às necessidades específicas das organizações. Em outras palavras, esse profissional é responsável por desenvolver soluções para os problemas das empresas atuais por meio de sistemas informatizados.

O trabalho do analista de sistemas vai além de simplesmente programar e criar o software. Desenvolver uma solução tecnológica que seja adequada para um determinado contexto envolve muitas etapas, do planejamento à execução.

Dentre as funções do analista de sistemas, podemos citar o levantamento dos dados e requisitos necessários para a criação da solução, e a análise dessas informações.

A etapa posterior é criação do projeto que, por sua vez, envolve etapas como arquitetura do software, escolha da linguagem que será utilizada e da interface do programa.

Finalmente, também é trabalho do analista de sistemas desenvolver, implementar, testar o software e elaborar um treinamento para aqueles que farão uso da ferramenta.

Qual é o perfil desse profissional?

Quem escolhe um curso superior na área de tecnologia em análise e desenvolvimento de sistemas deve, obviamente, ter bastante afinidade com tudo o que diz respeito ao universo digital.

Dominar as linguagens de programação mais usadas no mundo também é um pré-requisito para o bom profissional da área, que deve saber como e quando utilizar cada uma delas para desenvolver a melhor solução para cada contexto.

Como mostramos no tópico anterior, a etapa de planejamento também é de responsabilidade do analista de sistemas.

Portanto, saber organizar as ideias com clareza e ter pensamento estratégico é essencial para elaborar projetos de softwares que sejam funcionais e eficientes, sempre de acordo com as necessidades do cliente.

Como anda o mercado de trabalho?

Diante da inserção cada vez mais rápida dos recursos tecnológicos no dia a dia, esse profissional se faz necessário empresas de todas as áreas e portes.

Por conta disso, o mercado está bastante favorável e não faltam oportunidades para os egressos do curso de Sistemas de Informação.

Os salários de um profissional de tecnologia em análise e sistemas de informação giram em torno de R$ 4.000,00, e as melhores oportunidades na área se encontram na região sudeste do país.

Além de atuar em empresas especializadas em tecnologia ou nos setores de TI de empresas de outras áreas, o analista de sistemas também pode atuar como freelancer, prestando serviços de acordo com as demandas de diversos clientes.

Outra possibilidade para o analista de sistemas é apostar no espírito empreendedor, desenvolvendo aplicativos ou outras soluções por conta própria.

Agora que você já sabe o que faz um analista de sistemas, que tal descobrir um pouco mais sobre o curso de Sistemas de Informação? Acesse o nosso site e saiba mais!

INSCREVA-SE!

Leia também: Graduação semipresencial e a distância: entenda as diferenças

Felipe Rios
Felipe Rios
Felipe Rios

Posts Relacionados

Faculdade e vida social: você consegue equilibrar?

Aproveitar a vida e sair com os amigos é sempre muito bom. Na juventude então, essa parece ser a única realidade que vale a pena, não é mesmo? O detalhe é que, com o término do Ensino Médio, logo chegam as responsabilidades do mundo adulto. Nesse momento costuma parecer que conciliar a faculdade e a vida social é simplesmente impossível. Surge aí a dúvida cruel: curso superior e diversão com os amigos são atividades compatíveis?

Trabalho em dupla: como não perder a cabeça em atividades em grupo?

Seja para concluir uma tarefa ou fazer uma prova em sala de aula, produzir um artigo científico ou elaborar um projeto como dever de casa, é extremamente comum ter que fazer trabalho em dupla durante a faculdade. E essa é uma ótima oportunidade, uma vez que 2 cabeças pensam melhor, sem contar que essa é sempre uma chance para interagir com os colegas, atuar em equipe, desenvolver novas habilidades e ter contato com outras visões de mundo. Normalmente, o resultado é bem mais rico.

Faculdade de história: o que você aprende no curso?

História é a área do conhecimento que estuda e analisa criticamente o processo histórico da sociedade considerando aspectos sociais, políticos, culturais, econômicos e religiosos em determinado tempo, espaço ou comunidade.