BLOG UNIGRANRIO

Saiba mais sobre a UNIGRANRIO. Descubra porque investimos no futuro e inovamos tanto em ofertas de cursos, quanto em infraestrutura que apoia sua formação.

Todos os Posts

Arquitetura e Urbanismo traz novos olhares

Pare tudo o que estiver fazendo por um instante: mentalmente, refaça o trajeto que você percorreu até chegar onde está neste exato momento. Você chegou a observar as construções? Pode ser que você tenha reparado em uma casa ou um prédio qualquer, ou então elas nem tenham despertado a sua atenção.

Com toda certeza, se esta mesma questão fosse feita a um arquiteto, a resposta seria bastante diferente. Como profissional da área, ele analisa uma série de aspectos que os leigos deixam passar despercebidos ou mesmo desconhecem.

No post de hoje, nós vamos contar algumas das características desse bacharel. Quem sabe você não se anima e percebe que tem vocação para cursar uma faculdade de Arquitetura no RJ?

arquitetura e urbanismo

O que caracteriza esse olhar diferenciado?

O olhar apurado do arquiteto sobre a junção funcionalidade + conforto é o que confere um aspecto diferenciado a cada construção. Com isso, uma casa ou um prédio deixam de ser analisados isoladamente e são inseridos em um contexto histórico, costurados por padrões estéticos, nos quais as transformações da sociedade também se veem refletidas.

Assim, pode-se dizer que o arquiteto toma para si a missão de projetar ou reorganizar ambientes. Nesse contexto, passam a interessar a ele aspectos como a beleza, a funcionalidade e a composição dos materiais.

Que características se sobressaem em um profissional de arquitetura?

Não é exagero dizer que algumas das características marcantes da personalidade de um arquiteto se sobressaem antes mesmo dele perceber que esta será a sua profissão.

A primeira delas é a sensibilidade estética. O arquiteto é alguém que valoriza as mais diversas manifestações artísticas, reconhecendo e explorando as diferenças e semelhanças entre cores, formatos e traços.

Também cita-se como primordial o interesse pela inovação e desenvolvimento, sempre apostando em soluções diferenciadas para as mais diversas situações. Sob essa perspectiva, pode-se concluir que a missão de um arquiteto é a das mais nobres: conciliar arte e tecnologia.

Como a faculdade ajuda a moldar esse olhar?

Se algumas das habilidades de um arquiteto nascem com ele, outras precisam ser aprimoradas. Se você mora na capital fluminense, a passagem por uma faculdade de Arquitetura e Urbanismo no RJ é essencial, para que, ao final da graduação, você possua de fato esse olhar diferenciado.

Então, aproveite bem esse período de “treinamento”: você vai conhecer os conceitos-chave que devem nortear projetos arquitetônicos, urbanos e de interiores, tecnologia das edificações, planejamento urbano e regional e, finalmente, conforto ambiental.

Nessa hora, a preocupação com quanto custa uma faculdade de Arquitetura deve ser deixada em segundo plano: o mais importante é uma instituição que proporcione uma formação de qualidade.

Se você também quer desenvolver esse olhar diferenciado, comece a construir o seu futuro agora mesmo. Acesse o site da Unigranrio e saiba mais sobre o curso!

ARQUITETURA E URBANISMO

Posts Relacionados

Tem dúvida sobre como preencher o seu Imposto de Renda?

Os alunos do curso de Ciências Contábeis irão prestar atendimento gratuito à comunidade para o preenchimento do IRPF. A ação irá ocorrer aos sábados, entre os dias 14/03 e 25/04, das 9h às 13h, nos campi Duque de Caxias, São João de Meriti, Lapa, Carioca e Nova Iguaçu.

Profissional de Educação Física, o que você tem feito para reter clientes?

O mercado do profissional de Educação Física é um dos mais amplos que existe, afinal, atuamos com o ser humano desde antes de seu nascimento – no rebote dos benefícios produzidos no atendimento à gestante, com exercícios que irão prepará-la para o parto e facilitar a sua recuperação –, até a idade mais avançada, contribuindo para a autonomia, o combate de doenças crônico-degenerativas e a manutenção dos níveis de qualidade de vida.

O novo Coronavírus: O Biomédico em situações de emergência em saúde pública

O Coronavírus é um grupo de vírus comum entre os animais e, ocasionalmente, pode ser transmitido a seres humanos, por isso, é considerado zoonótico. A maioria das infecções em humanos é causada por sorotipos de baixa patogenicidade (229E, NL63, OC43 e HKU1), levando ao desenvolvimento de sintomas semelhantes ao resfriado, podendo causar infecções graves em idosos e crianças. Outros dois tipos virais, altamente patogênicos, já tiveram destaques epidemiológicos, o SARS-CoV (causador da Síndrome Respiratória Aguda Grave) e MERS-CoV (causador da Síndrome Respiratória do Oriente Médio).