BLOG UNIGRANRIO

Saiba mais sobre a UNIGRANRIO. Descubra porque investimos no futuro e inovamos tanto em ofertas de cursos, quanto em infraestrutura que apoia sua formação.

Todos os Posts

Faculdade de história: o que você aprende no curso?

História é a área do conhecimento que estuda e analisa criticamente o processo histórico da sociedade considerando aspectos sociais, políticos, culturais, econômicos e religiosos em determinado tempo, espaço ou comunidade.

história unigranrio ead

Para atuar na área, é possível fazer a faculdade de História em duas modalidades: licenciatura ou bacharelado. Enquanto o bacharelado prepara o profissional para atuar apenas como pesquisador, a licenciatura oferece uma formação complementar que permite que o historiador também seja professor e possa dar aulas no Ensino Fundamental e Médio.

Se você deseja saber mais sobre esse curso, então não deixe de ler este post. A seguir, apresentamos tudo o que você aprende em uma graduação de História EaD. Continue lendo!

Principais acontecimentos históricos

Como você pode imaginar, a maior parte da grade curricular da graduação em História é formada por disciplinas que apresentam os principais acontecimentos históricos de nossa sociedade em diferentes momentos e locais do mundo. É o caso de matérias como História Antiga, História Medieval, História da África, História do Brasil e História Contemporânea.

Conteúdos sobre docência e educação

O curso de licenciatura em História conta com disciplinas que preparam os alunos para atuar na área acadêmica, principalmente para dar aulas de História no Ensino Fundamental e Médio. Por isso, matérias como Ciências da Educação fazem parte da grade curricular do curso.

Além disso, os alunos podem ter o primeiro contato com esse mercado de trabalho nos estágios supervisionados. Na Unigranrio, por exemplo, os estudantes realizam um estágio de observação, outro no Ensino Fundamental e um terceiro no Ensino Médio, ao longo dos três últimos semestres do curso. Para dar aulas em outro níveis de educação, como em faculdades, o historiador precisa fazer uma pós-graduação.

Conhecimentos de pesquisa

Como falamos no início deste texto, uma das possibilidades de atuação para o historiador é tornar-se pesquisador. Por isso, durante a faculdade, o aluno aprende os conhecimentos necessários para desenvolver pesquisas em matérias como Introdução aos Estudos Históricos, Métodos e Técnicas de Estudo e Produção Textual em História.

Além disso, nas disciplinas de Projeto de Pesquisa e Trabalho de Conclusão de Curso, o aluno tem a oportunidade de colocar em prática os conhecimentos e criar seu primeiro trabalho na área de pesquisa.

Habilidades e competências

Além do conhecimento técnico, a faculdade de História permite que os alunos desenvolvam habilidades e competências necessárias para sua atuação profissional, seja como pesquisador ou como professor. Raciocínio crítico e analítico, capacidade de construir e apresentar argumentos de forma oral e escrita e habilidade para resolver problemas, são algumas delas.

Neste post, você descobriu tudo que um aluno aprende na graduação em História. Viu também que o historiador pode atuar como pesquisador e como professor, dando aulas no Ensino Fundamental e Médio.

Se você deseja seguir alguma dessas carreiras ou até mesmo as duas e busca um curso com maior flexibilidade de tempo, fazer História EaD pode ser uma excelente opção.

Gostou de saber mais sobre a graduação em História? Que tal conferir as facilidades que uma graduação a distância pode oferecer? Leia também o post Cursos a distância unem qualidade, preço e uma formação de excelência!

Novadfgdd call to action

Posts Relacionados

Checklist ENEM: o que você precisa saber?

O período que antecede a prova do ENEM é fundamental para se preparar e, principalmente, seguir alguns passos para alcançar bons resultados no exame e conquistar a tão sonhada vaga da faculdade.

Dicas para a redação do ENEM

Na hora de escrever a redação do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é preciso ter cuidado com os mínimos detalhes. A forma como você expõe suas ideias pode ser decisiva para a sua nota final. Cometer erros em excesso pode custar até mesmo a sua classificação.

Como estudar sozinho para o ENEM sem perder a motivação

Mesmo quando queremos muito uma coisa, ou melhor, precisamente porque criamos grandes expectativas em relação à vida adulta, é comum a ansiedade nos deixar desmotivados. Este obstáculo, por sua vez, torna-se ainda mais desafiador quando não temos um professor ou colegas para puxar a nossa orelha e fazer a gente manter o foco. Mas calma! A gente sabe bem como é isso e escrevemos esse artigo para te ajudar a estudar sozinho para o ENEM sem perder a cabeça.