BLOG UNIGRANRIO

Saiba mais sobre a UNIGRANRIO. Descubra porque investimos no futuro e inovamos tanto em ofertas de cursos, quanto em infraestrutura que apoia sua formação.

Todos os Posts

Plano de estudos: descubra 9 passos para construir o seu

Muitas vezes, diante de tantas disciplinas, provas e trabalhos, os alunos acabam se vendo perdidos sobre o quanto e como estudar. Para ajudá-los nessa missão, existem os planos de estudos. Descubra agora mesmo o que são eles e como construir o seu!

O que é um Plano de Estudos?

Os planos de estudo consistem em cronogramas personalizados, construídos de acordo com as necessidades e os horários de cada aluno. As atividades podem ser designadas para horas inteiras ou para frações, tudo dependerá de cada estudante.

Como posso construir o meu?

Para construir o seu plano de estudo, é necessário se atentar a alguns pontos. São eles:

1- Defina suas metas e objetivos

Sabendo onde você quer chegar, quais metas e objetivos você almeja, fica muito mais fácil traçar um caminho para alcançá-los. Dessa forma, você poderá construir o seu plano sempre pensando na melhor forma de organizar as atividades para atingir os seus propósitos.

2- Elenque suas necessidades

Comece o seu plano de estudos elencando as suas necessidades básicas, como comer e dormir. Defina horários fixos para essas atividades, de modo que elas não serão comprometidas. Essa prática é importante pois cuidar dessas ações faz parte da manutenção de um hábito de vida saudável. São elas que te fornecerão a energia que você precisa para os estudos

3- Inclua suas atividades fixas

Além das suas necessidades fisiológicas, é interessante também, em um primeiro momento, incluir no plano as suas atividades fixas, que já possuem um horário predefinido, como as aulas (online, na escola ou no cursinho). Alguns outros exemplos de ocupações são: terapia, aula de dança, natação, academia, entre outras. Separando um espaço no seu cronograma para essas tarefas, você garantirá que não falte tempo para elas durante a rotina.

4- Estabeleça prioridades de estudo

Entre os conteúdos e disciplina que você precisa estudar, defina quais são suas prioridades. Você pode usar vários critérios para isso: disciplinas com as quais possui maior dificuldade, conteúdos que serão abordados em atividades avaliativas, matérias que precisam ser revisadas, entre outros.

5- Organize seu estudo

Para que o seu plano de estudos fique ainda mais organizado e detalhado, é interessante dividir o momento de estudo. Em seu documento, separe-o de acordo com as diferentes modalidades: leitura, elaboração de resumos, execução de exercícios, revisão, entre outras.

6- Utilize metodologias de estudo

Algumas estratégias podem te auxiliar no momento de estudo. São elas:

Técnica Pomodoro: Essa metodologia consiste em realizar estudos ininterruptos seguidos de pausas. Ou seja, você estuda 25 minutos seguidos e, quando acabar esse ciclo (denominado Pomodoro), faz uma pausa de 5 minutos. Quando completar 4 pomodoros é hora de fazer uma pausa maior, dessa vez de 15 a 20 minutos.

Método Robinson: Essa técnica é também chamada também de EPL2R: Explorar, perguntar, ler, rememorar e reparar. Funciona da seguinte forma: em um primeiro momento, você descobrirá conteúdos e fará uma leitura um pouco mais superficial e geral de tais. Depois, tomará nota das possíveis dúvidas geradas (que poderão ser levadas para sala de aula). Em seguida, deve-se ler o conteúdo de forma mais detalhada e aprofundada, com o objetivo de solucionar os questionamentos gerados anteriormente.

O próximo passo é fazer uma leitura tradicional . Por fim, é hora de repassar: faça isso por meio de uma análise completa (que pode ser feita com amigos), certificando-se que não restaram dúvidas.

Esquema de anotação Cornell Notes: Usado para momentos de muita exposição de conteúdo, esse método orienta dividir a sua página de anotações. No canto direito, em uma coluna maior (deve ocupar ¾ da página), escreva ideias principais e as perguntas que surgirem . Em outra coluna, dessa vez menor e no canto esquerdo, escreva palavras chaves e questões sobre o assunto referido. Por fim, na parte de baixo da folha, faça anotações sobre o assunto em estudo: data, local, tema e pontos principais. Esse campo será útil para, posteriormente, procurar pelo tema.

Após fazer as anotações, comece o seu estudo relendo a coluna maior. Depois, tampe essa parte e tente responder às perguntas levantadas usando os escritos da coluna do lado esquerdo. É indicado estimular a memória executando essa prática por cerca de 30 minutos no dia.

Mapa mental: os mapas mentais são formas visuais de organizar as ideias. Para isso podem ser usados elementos como setas e canetas coloridas.

7- Não se esqueça dos momentos de descanso

É isso mesmo. Os momentos de lazer e descanso podem (e devem!) estar inclusos no seu plano de estudos. Eles ajudam a recuperar as forças e renovar as energias para retornar com força total ao aprendizado. Mas é claro que esses momentos não devem se exceder: é preciso equilíbrio e ponderação para incluí-os na sua rotina.

8- Deixe o se plano visível

Se você sente que visualizar o seu plano de estudos pode te motivar a segui-lo, faça isso! Use artifícios marcantes e chamativos para redigi-lo em uma folha e escolha um lugar próximo ao seu ambiente de estudos para pregá-lo.

9- Tenha disciplina

Para que seu plano de estudos realmente funcione, tudo depende de você. É necessário ter foco e disciplina para cumprir as determinações do cronograma que você estabeleceu. Por mais tentador que os desvios podem ser, você precisa entender que há um objetivo maior envolvido e ele só poderá ser alcançado com a sua determinação

Qual a importância de ter um plano de estudos?

Construir um plano de estudos é fundamental para a sua organização. Tendo-o em mãos você saberá a hora certa para se dedicar aos conteúdos necessário, bem como às outras atividades previstas. Tudo isso será feito sem deixar as suas necessidades de lado.

Agora que você já sabe como construir um plano de estudos, que tal descobrir mais dicas sobre como aprimorar o seu aprendizado? Conheça 9 dicas que podem te ajudar a obter bons resultados estudando em casa!

Fonte: https://blogvest.afya.com.br/plano-de-estudos-descubra-9-passos-para-construir-o-seu

Posts Relacionados

Checklist ENEM: o que você precisa saber?

O período que antecede a prova do ENEM é fundamental para se preparar e, principalmente, seguir alguns passos para alcançar bons resultados no exame e conquistar a tão sonhada vaga da faculdade.

Dicas para a redação do ENEM

Na hora de escrever a redação do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é preciso ter cuidado com os mínimos detalhes. A forma como você expõe suas ideias pode ser decisiva para a sua nota final. Cometer erros em excesso pode custar até mesmo a sua classificação.

Como estudar sozinho para o ENEM sem perder a motivação

Mesmo quando queremos muito uma coisa, ou melhor, precisamente porque criamos grandes expectativas em relação à vida adulta, é comum a ansiedade nos deixar desmotivados. Este obstáculo, por sua vez, torna-se ainda mais desafiador quando não temos um professor ou colegas para puxar a nossa orelha e fazer a gente manter o foco. Mas calma! A gente sabe bem como é isso e escrevemos esse artigo para te ajudar a estudar sozinho para o ENEM sem perder a cabeça.