<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=122339528446832&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

BLOG UNIGRANRIO

Saiba mais sobre a UNIGRANRIO. Descubra porque investimos no futuro e inovamos tanto em ofertas de cursos, quanto em infraestrutura que apoia sua formação.

Todos os Posts

Primeiro estágio: saiba dar o pontapé inicial na sua carreira

Seja durante ou após o término da graduação, o primeiro estágio é o passo inicial para ingressar em uma carreira com o pé direito. Depois de adquirir uma grande carga de conhecimento, geralmente buscamos um local para aplicar o que foi aprendido, certo? Para essas e outras é que serve o estágio!

Está chegando agora na fase de se preocupar com isso? Então este post é mesmo para você! Continue acompanhando para conhecer algumas dicas sobre como encontrar o estágio ideal, além de descobrir certos comportamentos que você deve ter ou até evitar ter para se dar bem. Vamos lá?

primeiro-estagio-saiba-dar-o-pontape-inicial-na-sua-carreira

Por que exatamente procurar fazer um estágio?

Primeiramente, vamos entender a importância de se realizar um estágio, ok? Na grande maioria dos cursos de graduação, o estágio é uma etapa obrigatória, momento de os estudantes comprovarem se realmente têm afinidade com a carreira escolhida. Mas é também um período de aprendizado, que poderá inseri-los mais facilmente no mercado de trabalho.

Durante o estágio, os alunos são acompanhados por profissionais experientes que transmitirão informações, resolverão dúvidas e poderão demonstrar na prática uma série de lições valiosas. Além disso, será uma oportunidade para já começar a criar sua rede de contatos, o que é extremamente importante em qualquer profissão.

O estágio é, assim, o pontapé inicial para a construção de um networking e para colocar a teoria em prática. Afinal, como sabemos, apenas o conhecimento teórico não é suficiente para definir se determinada profissão é mesmo ideal para atender a seu perfil e suas ambições.

Tirando dúvidas a respeito

Cabe aqui destacar algumas informações importantes. Como o estágio não é CLT (o que significa que o funcionário não mantém um vínculo empregatício), não haverá seguro-desemprego ou 13º salário. Veja mais algumas particularidades:

  • a carga máxima permitida é de 30 horas semanais;
  • o estagiário tem direito a um recesso remunerado de 15 dias a cada 6 meses ou de 30 dias após 1 ano de trabalho;
  • o limite máximo de contrato é de 2 anos;
  • caso precise sair mais cedo para realizar provas na faculdade, o estagiário tem esse direito.

Como ser bem-sucedido no primeiro estágio?

Como se não bastasse a pressão para escolher o curso ou a faculdade, depois vem a etapa de escolha do emprego. É claro que o primeiro estágio gera nervosismo e ansiedade, mas aqui vem a boa notícia: é mais que possível se sair bem na primeira experiência! Conheça algumas boas práticas para que isso aconteça!

Pense em si mesmo

O primeiro passo consiste em analisar seu próprio perfil. É importante estudar se a vaga tem mesmo a ver com você. Caso contrário, suas chances de permanecer na empresa diminuem. Reflita em qual área de formação gostaria de atuar, levando em conta habilidades e ambiente de trabalho que mais o atraem. Que rotina você terá? É compatível com os horários da faculdade e o local da sua residência? Analise tudo isso.

Pesquise sobre a empresa

Procure saber sobre os valores e o histórico da empresa que está oferecendo a vaga. Assim, você ficará muito mais confiante ao realizar a entrevista, uma vez que está familiarizado com a instituição. Sem contar que demonstrar interesse é uma maneira de ganhar pontos na hora da seleção.

Reveja seu currículo

O currículo é extremamente importante, capaz de eliminar um candidato de primeira quando malfeito. Por pensarem que a experiência é sempre primordial para as empresas, muitas pessoas ficam preocupadas sobre o que colocar no currículo. Mas se acalme, porque os recrutadores entendem que os estudantes têm pouca experiência profissional — às vezes até nenhuma.

Nesse caso, trate de valorizar outros pontos, como projetos desenvolvidos na universidade, cursos feitos ao longo da vida, atividades voluntárias exercidas e intercâmbios realizados! Organize todas as informações de forma clara e objetiva, sem esquecer de incluir suas informações de contato.

Esteja disposto a aprender

Tanto no estágio quanto em qualquer outro emprego, o esperado é que a pessoa não apenas saiba admitir seus erros, mas que esteja interessada em aprender lições novas a cada dia. E essa dica é ainda mais valiosa quando falamos das primeiras experiências no mundo profissional.

Demonstrar interesse, empatia e dedicação é essencial. Essa característica possibilitará que a função exercida seja bem feita e, consequentemente, garanta uma boa visão dos supervisores em relação a você.

Mantenha a coerência

Busque saber o máximo de informações possíveis sobre a vaga, antes e durante o processo de seleção. Pense bem: não adianta muito trabalhar em uma empresa ou função que não tenha qualquer relação com seus objetivos, sua formação e suas afinidades. Nesse contexto, você poderá acabar frustrado.

O que se espera de um estagiário?

Por mais que as expectativas variam de acordo com os objetivos da empresa, existem qualidades que certamente todas elas valorizam. Vamos ver as 5 principais? Um bom estagiário tem que ter:

  1. comprometimento: mostre que você não está lá só para cumprir a carga horária do estágio, lembrando que todo empregador quer estagiários engajados e entusiasmados;
  2. capacidade de trabalhar em equipe: demonstre ser capaz de manter um bom relacionamento dentro do grupo;
  3. criatividade: mostre que você consegue pensar fora da caixa, trazendo novas ideias para a empresa;
  4. disciplina: seja pontual e saiba estabelecer prioridades, organizando-se em relação aos prazos para dar conta de conciliar trabalho e estudo;
  5. equilíbrio emocional: diante de um problema, evite o desespero, parando para pensar na melhor solução. Busque opiniões, não tome decisões drásticas e esteja sempre ciente das políticas da empresa. Como algumas organizações são abertas a sugestões, enquanto outras são mais rígidas, é importante saber até onde você pode ir para não se frustrar ou causar desconfortos.

Imagem nas redes sociais

Muitas pessoas passam por problemas de contratação ou até por demissões graças ao que postam nas redes sociais, sabia? Afinal, suas ações por lá podem sim comprometer a imagem da empresa. Com a tecnologia atual conectando tudo e todos e fazendo com que as informações sejam facilmente acessíveis, é preciso ter cuidado com esse ponto.

Então anote aí e pratique desde já: evite expor demais sua intimidade e os locais que você frequenta nessas plataformas. Procure ficar longe de assuntos polêmicos e de discussões mais acaloradas. Não publique ou compartilhe fotos que você possa se arrepender depois. Resumindo, portanto, basta ser cauteloso.

Se está pensando em começar a busca pelo primeiro estágio, pare por um minuto para refletir sobre tudo o que dissemos aqui. Assim, terá muito mais chances de encontrar uma vaga realmente compatível com seus objetivos!

Agora que você já está pronto para conquistar o primeiro estágio, aproveite para assinar a nossa newsletter e passar a receber atualizações e novos posts diretamente na sua caixa de entrada! 

Nova call to action

Leia também: Qual carreira seguir? 7 fatores que vão ajudar-lo a escolher

Posts Relacionados

Faculdade e vida social: você consegue equilibrar?

Aproveitar a vida e sair com os amigos é sempre muito bom. Na juventude então, essa parece ser a única realidade que vale a pena, não é mesmo? O detalhe é que, com o término do Ensino Médio, logo chegam as responsabilidades do mundo adulto. Nesse momento costuma parecer que conciliar a faculdade e a vida social é simplesmente impossível. Surge aí a dúvida cruel: curso superior e diversão com os amigos são atividades compatíveis?

Trabalho em dupla: como não perder a cabeça em atividades em grupo?

Seja para concluir uma tarefa ou fazer uma prova em sala de aula, produzir um artigo científico ou elaborar um projeto como dever de casa, é extremamente comum ter que fazer trabalho em dupla durante a faculdade. E essa é uma ótima oportunidade, uma vez que 2 cabeças pensam melhor, sem contar que essa é sempre uma chance para interagir com os colegas, atuar em equipe, desenvolver novas habilidades e ter contato com outras visões de mundo. Normalmente, o resultado é bem mais rico.

Faculdade de história: o que você aprende no curso?

História é a área do conhecimento que estuda e analisa criticamente o processo histórico da sociedade considerando aspectos sociais, políticos, culturais, econômicos e religiosos em determinado tempo, espaço ou comunidade.