Todos os Posts

Cursar Medicina em outra cidade: vale a pena viver essa experiência?

A fase de prestar vestibular é uma etapa desafiadora e importante para os estudantes que estão na reta final do ensino médio, afinal, esse período é responsável por definir os rumos na trajetória acadêmica.

Quando a graduação desejada é a Medicina, o desafio torna-se ainda mais intenso: a alta concorrência exige dos candidatos um esforço ainda maior, de modo que torna-se necessário superar o desempenho de vários concorrentes que possuem o mesmo objetivo.

É comum que, para realizar o sonho de cursar Medicina, alguns estudantes precisem, ainda, deslocar-se da cidade onde moram. Isso acontece pois nem todas as cidades contam com faculdades que oferecem a graduação médica.

Algumas localidades ofertam o curso, mas deixam a desejar em critérios como a infraestrutura. Por motivos como esses, muitos jovens veem a mudança de município como a melhor - e, em alguns casos, a única - saída. Mas afinal, será que essa escolha vale a pena? Acompanhe a leitura e descubra!

Quais os benefícios de estudar em outra cidade?

Com o passar dos tempos, cursar a graduação em outras cidades - e até mesmo estados - tornou-se cada vez mais comum. Um fator que contribuiu para o aumento desse hábito foi a instauração do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), por meio do qual jovens de todo o país podem usar a sua nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para ingressar em instituições federais de ensino superior também espalhadas por todo o território brasileiro.

A mudança de cidade para viver a experiência da graduação, seja em uma faculdade pública ou privada, é acompanhada por incontáveis desafios. Por outro lado, esse processo de mudança também pode ser associado a diversos benefícios, responsáveis por fazer com que o enfrentamento de todos os obstáculos relacionados a ele valha a pena.

Conheça algumas dessas vantagens:

  • Acesso a uma melhor infraestrutura

A graduação de Medicina contempla disciplinas teóricas e práticas. A complexidade dessas matérias faz com que os alunos dependam de uma estrutura diversificada e de qualidade para absorvê-las de maneira adequada.

Dessa forma, se a sua cidade de origem não possui uma faculdade da área com infraestrutura satisfatória, saiba que deslocar-se será um forma de investir no seu futuro. Um aprendizado de excelência é fator decisivo para que você se torne, no futuro, um profissional competente, comprometido com a sua profissão e que se destaca no meio.

  • Alcance de responsabilidade e amadurecimento

Mudar-se da cidade onde vive para estudar normalmente implica em morar longe da família. Consequentemente, facilidades que provavelmente existiam - como a casa sempre limpa ou a roupa lavada - não irão se manter. Agora, para que o seu novo lar seja conservado e para que a sua rotina funcione, você precisará ser proativo e tomar iniciativas.

A independência também precisará ser desenvolvida, já que será necessário resolver pendências e enfrentar algumas situações adversas sozinho.

Você precisará, ainda, exercitar a responsabilidade, comprometendo-se a cumprir com as suas obrigações no prazo correto e da melhor forma possível. Vale lembrar que esse comportamento independente e responsável precisará partir de você, e não ser motivado por cobranças alheias.

Ao adotar essas mudanças de postura você estará saindo de uma zona de conforto, o que implicará no seu amadurecimento e crescimento pessoal.

  • Novas oportunidades profissionais:

Ao planejar a sua mudança, é possível considerar o leque de oportunidades profissionais oferecido pela localidade. Dessa forma, você terá maior facilidade para, em paralelo com a graduação, participar de estágios e atividades extracurriculares capazes de complementar positivamente a sua experiência acadêmica.

Se você se adaptar à cidade e enxergar nela um mercado próspero, poderá considerar até mesmo a hipótese de se estabelecer de vez no local após a conquista do diploma.

  • Contato com novas pessoas

Outra vantagem de mudar-se de cidade para cursar a graduação é a oportunidade de conhecer pessoas e criar vínculos. Nesse contexto, esse contato não se limita à sala de aula: estende-se também ao ambiente de moradia, aos trajetos percorridos diariamente, aos estabelecimentos frequentados com regularidade e até mesmo aos hobbies desenvolvidos (como a prática de um esporte).

O cultivo de novas relações contribuirá não apenas para que você conquiste novas amizades, mas também para que conheça outros pontos de vista e tenha contato com diferentes culturas, tornando-se mais aberto à diversidade e mais empático.

Como tornar essa experiência mais fácil?

Para que você enfrente esse intenso e desafiador processo de mudança de cidade, é essencial que conheça algumas dicas. Elas podem ser decisivas para o sucesso da sua adaptação e do seu estabelecimento. Confira-as!

1- Atente-se à localização

Uma estratégia interessante é optar por uma residência localizada próxima à faculdade. Assim, você poupará não só os investimentos em transporte, mas também o seu tempo.

Se a sua escolha for residir em um local mais afastado da instituição de ensino escolhida, uma dica essencial é selecionar uma região que tenha acesso facilitado às linhas de ônibus do município, facilitando o seu translado.

Outra orientação útil é optar por residências cercadas por comércios essenciais - como supermercados e farmácias - e estabelecimentos estratégicos para a sua rotina acadêmica - como as gráficas e papelarias. Essa estratégia será decisiva para um dia a dia mais prático e menos cansativo.

2- Participe dos grupos de calouros nas redes sociais

Essa é uma maneira eficaz de não apenas se integrar melhor no grupo de colegas da faculdade, mas também de obter dicas importantes sobre a instituição e a respeito da sua nova cidade.

3- Aproveite os recursos oferecidos pela faculdade

Estabelecer-se em um novo local pode demandar muito investimento. Por esse motivo, caso sinta necessidade, você pode recorrer aos auxílios oferecidos pelas instituições (é comum que sejam ofertados principalmente nas faculdades públicas).

Muitas delas oferecem ajuda na moradia, na alimentação e entre outros! Além disso, também é comum que as dependências universitárias contem com os famosos ‘’bandejões’’, restaurantes que oferecem refeições a preços mais acessíveis.

4- Informe-se sobre as formas de cuidado com a saúde

Se você conta com um plano de saúde, durante o processo de mudança, é essencial verificar se poderá desfrutar dele na sua nova localização. Caso a resposta seja negativa, vale negociar com a empresa responsável as possibilidades de adaptação desse serviço e, se necessário, avaliar a troca de convênio.

Se essa não for a sua situação, procure inteirar-se sobre a localização dos postos de saúde e unidades públicas de atendimento da cidade. Outra possibilidade interessante é usufruir dos acolhimentos oferecidos pela sua instituição de ensino. Muitas das faculdades contam com clínicas e hospitais universitários.

Apesar de desafiadora, a mudança de cidade para cursar a graduação de Medicina pode ser um tanto quanto vantajosa e favorável ao seu crescimento. Além disso, atentando-se às dicas citadas, as chances do seu processo de adaptação ser bem-sucedido serão significativamente ampliadas.

Agora que você já conhece as vantagens de cursar a graduação médica em outra cidade e sabe como tornar o seu processo de mudança mais fácil, que tal pensar a longo prazo e se informar sobre como alcançar um bom desempenho no seu primeiro ano de faculdade? Clique aqui e saiba mais!

 

Fonte(https://blogmed.afya.com.br/cursar-medicina-em-outra-cidade-vale-a-pena-viver-essa-experiência)

Por: