<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=122339528446832&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

BLOG UNIGRANRIO

Saiba mais sobre a UNIGRANRIO. Descubra porque investimos no futuro e inovamos tanto em ofertas de cursos, quanto em infraestrutura que apoia sua formação.

Todos os Posts

Como driblar a pressão psicológica ao escolher um curso superior?

Terminar o Ensino Médio e decidir qual curso escolher é um desafio e tanto, não é verdade? A pressão psicológica (quase nunca intencional) dos pais e amigos ainda complica mais a missão, prejudicando o processo de escolha se o estudante não souber lidar adequadamente com todo esse contexto.

Mas sabia que é possível driblar essa situação e escolher com tranquilidade o curso ideal? Para saber como, é só continuar com a leitura! Nos próximos tópicos, explicaremos a importância de driblar a pressão psicológica, além de apresentar algumas dicas que certamente o ajudarão a vencer esse desafio. Vamos lá?

Por que é importante driblar essa pressão?

Se você não consegue lidar tranquilamente com a pressão, os riscos de tomar uma decisão errada aumentam. Daí podem surgir prejuízos relevantes, como a insatisfação nos estudos e na profissão escolhida. Sem contar que esse cenário pode provocar ansiedade, estresse e desânimo, além de problemas de saúde mais sérios.

Por essas e outras, é preciso saber enfrentar a pressão (da família, dos amigos, dos professores e até de si mesmo) para não ser prejudicado. Assumindo o controle da situação, você consegue se manter lúcido para escolher o curso perfeito para seu perfil e fazer as provas do vestibular com tranquilidade.

driblar a pressão psicologica

Como exatamente superar a pressão psicológica?

Pronto para vencer a pressão psicológica sem traumas? A seguir, você conhecerá algumas dicas que o ajudarão a se desvencilhar de uma vez por todas desse peso. Confira!

Escolha um curso que o fará feliz

Para escolher o curso ideal para você, nada de levar em conta só a questão financeira, combinado? Na verdade, o mais importante é pensar em sua realização pessoal, na sua felicidade. Afinal, se desconsiderar seus gostos e afinidades, provavelmente jamais se sentirá totalmente satisfeito com a escolha. Por outro lado, se você se sente realizado, em paz com a decisão tomada, consegue suportar qualquer desafio com muito mais facilidade!

Entretanto, se mesmo assim você optar por valorizar mais a remuneração, pelo menos analise o mercado com cuidado, a fim de garantir que terá um bom retorno e uma carreira estabilizada. Outra boa ideia é realizar testes vocacionais para receber orientações embasadas sobre as áreas que mais têm a ver com você.

Além disso, você pode entrar em contato com a Unigranrio para entender melhor sobre suas opções de cursos. Aliás, conte com nossa ajuda em todo o processo, seja na superação de desafios, na processo de dominação da pressão psicológica, na escolha do curso ou no que mais precisar. Estamos aqui para ajudar!

Analise as possibilidades com cuidado

Se você não tem certeza de que o curso escolhido é mesmo o ideal, sem desespero. Lembre-se, afinal, de que sempre é possível mudar de ideia depois! Você pode até passar um bom tempo se dedicando a um curso com que não tem afinidade até descobrir outro caminho. Sem problemas! O que você tem que entender o quanto antes é que não é obrigado a terminar o que começou pelo simples fato de ter começado, ok? Seguir em uma profissão de que não gosta por pura inércia não faz nenhum sentido.

Com isso em mente, pense bem antes fazer qualquer escolha, mas sempre lembrando que é possível mudar de ideia. O segredo aqui está em analisar com cuidado todas as possibilidades de cursos e profissões com que tem afinidade, eliminando as menos favoritas para chegar à campeã. Se descobrir que errou no meio do caminho, pule para a segunda colocada (e assim por diante)!

Pesquise também sobre o dia a dia das profissões e, se possível, converse com alguém que você admira na carreira. Tire todas as suas dúvidas para tentar acertar logo na primeira tentativa!

Converse com sua família

Até aqui falamos sobre suas escolhas, certo? Mas onde a família se encaixa? Abordamos suas decisões pessoais primeiro, porque, antes de mais nada, quem tem que escolher é você. Em segundo lugar, porque é bom que tenha argumentos sólidos e ao menos algumas ideias em mente ao dialogar com seus familiares. Dessa forma, eles respeitarão suas decisões com mais facilidade por sentirem mais confiança em você.

Além do mais, é preciso entender que a pressão surge porque eles estão na expectativa de ver você subindo na vida, feliz e realizado. Justamente por isso é que o enchem de perguntas! Não esqueça que a intenção não é prejudicá-lo, mas sim ter o prazer de vê-lo progredir pessoal e profissionalmente.

Considerando tudo isso, que tal convidá-los para conversar e expor seus anseios, seus medos e suas preocupações? Aproveite para apresentar seus objetivos e compartilhar seus gostos e interesses. Dessa forma, eles poderão dar opiniões mais relevantes sobre suas decisões, sem pressioná-lo e causar desconforto. Acredite: esse diálogo é essencial para evitar conflitos e aliviar a pressão.

Ouça o que seus familiares têm a dizer, pois, por serem mais experientes, podem ter ideias valiosas, que realmente agreguem valor a seu desenvolvimento e, consequentemente, que o ajudarão em suas escolhas. E mesmo que não tenham as melhores respostas do mundo, eles certamente conhecem suas habilidades, suas qualidades e afinidades, ajudando-o a se conhecer melhor.

Procure apoio psicológico

Quando não cuidamos da nossa saúde mental e emocional, a ansiedade, o estresse, a insegurança e as emoções negativas acabam dificultando ainda mais a tomada de decisão. Desse modo, caso as coisas fiquem difíceis e você não saiba como resolver os conflitos, procurar ajuda profissional pode ser uma ótima saída.

Com base em conhecimentos científicos, um psicólogo é capaz de ajudar as pessoas a entenderem melhor sua própria mente, passando a lidar melhor com desafios. Especificamente no seu caso, esse profissional pode ajudá-lo a lidar com o estresse, a ansiedade e demais problemas provocados pela pressão psicológica, além de dar ideias essenciais para manter sua saúde mental intacta durante essa fase.

Além da Psicologia, o coaching também pode servir de apoio nesse momento, ajudando-o a gerenciar suas emoções, a se autoconhecer, a tomar melhores decisões e a agir com mais eficiência. Saber administrar as emoções é essencial para evitar que pensamentos ruins o atrapalhem.

Por isso, se achar que deve, não hesite em procurar ajuda profissional! Invista em autoconhecimento para entender melhor seus desejos, o porquê dos seus medos e de suas preocupações, conseguindo tomar decisões mais precisas.

Pratique atividades de lazer

Não há nada melhor que relaxar para lidar com a pressão, não concorda? Então trate de praticar atividades de lazer para aliviar os pensamentos! Você pode sair com amigos para pegar um cineminha, chamá-los para jogar videogame ou praticar algum esporte, por exemplo. Por mais que conversem sobre cursos, carreira, vestibulares e estudos, a pressão não estará tão presente.

A pressão psicológica realmente é incômoda, difícil de enfrentar. No entanto, como você viu por aqui, é sim possível lidar com ela sem sofrer prejuízos! Pronto então para escolher um curso com tranquilidade, tomando como base o autoconhecimento adquirido, as pesquisas que fez e as conversas travadas com seus com familiares e amigos?

Convidamos você a conhecer os cursos oferecidos pela Unigranrio! Aqui, você certamente encontrará opções que o ajudarão a crescer profissionalmente. Saiba: a Unigranrio está sempre à disposição para ajudá-lo em sua caminhada universitária!

Por fim, se este post foi útil para você, não deixe de comentar, compartilhando suas opiniões e dúvidas conosco! Participe!

Confira os Cursos

Leia também: Qual carreira seguir? 7 fatores que vão ajudá-lo a escolher

Posts Relacionados

Diferenciais do curso de Gestão Financeira a distância

Uma rotina corrida impede que você tenha tempo e energia para realizar uma faculdade presencial? Ou o lado econômico pesa bastante na escolha de uma universidade? O curso de Gestão Financeira a distância pode ser uma excelente opção para você!

Marketing orientado a dados: onde a TI se encaixa?

O marketing orientado a dados busca a geração de valor para uma marca ou produto por meio de ações baseadas na análise de informações. Essa é uma estratégia clássica, mas que ganhou nova força graças ao incremento na capacidade de obter e processar de dados. É aí que entra a TI.

O que diferencia a formação em Letras - Português?

As oportunidades para quem decide se matricular em uma Faculdade de Letras são inúmeras. Ao longo do curso, o estudante aprende a conhecer a estrutura de uma língua, bem como as transformações pelas quais ela passa, como, por exemplo, o caso do Novo Acordo Ortográfico.